R. Sete de Setembro, 363 - Americana, SP
55 (19) 3461.7048 - (19) 3461.1865
ipamericana@ipamericana.org.br
Tema do Mês
SER DISCÍPULO É...
Estar ligado ao Corpo de Cristo
 
 
 
Mensagens
 
07/10/2018
ROMANOS 11. 36

Romanos 11. 36

É fácil para o ser humano se esquecer com as tribulações da vida que há um Deus que tem um plano para o ser humano. Ele é soberano!

1) “Porque dele são todas as coisas”. O versículo começa com a declaração que todas as coisas procedem de Deus. É Ele o autor de tudo que há, é o criador do que existe.O universo não existe por forças materiais, forças físicas, por forças de deuses imaginados pelos homens no decorrer do tempo. Tudo existe porque Deus criou.

O ato da criação é um ato de amor. Por que Deus ama, Ele cria e doa de si mesmo à sua criação, doando vida e sustento. É por isso que o Salmo 24 diz que “Ao Senhor pertence a terra”. Ele tem direito de posse por ser o criador. É tudo dele.

 

2) “Por meio dele são todas as coisas”. O que significa que as coisas continuam a existir por obra da graça e da misericórdia divinas. Ele, que é o criador, é também o instrumento, o meio pelo qual o universo se mantém.

As coisas não acontecem ou deixam de acontecer porque há um destino que as impulsiona para o desastre ou porque é tudo acaso, acidental. Deus não abandonou sua obra e se mantém presente nela no sentido de amparar e sustentar.

Nós cremos num Deus que age! É como na oração de Neemias (Ne 9. 6)

Porém, os seres humanos por sua maldade e perversidade estão destruindo aquilo que Deus criou e se não fosse a ação divina, a raça humana já teria feito isso. Os seres humanos são, muitas vezes, as causas secundárias que fazem o mal, como é o caso da história de José que foi vendido, foi parar como escravo no Egito, mas Deus tornou o mal em bem (Gênesis 45. 5 e 50. 20).

Como escreveu Agostinho o ser humano tenta construir uma cidade com seu poder, suas armas, sua sabedoria e, muitas vezes, violência. Mas essa cidade humana vai fracassar sem Deus.

 

3) “Para ele são todas as coisas”. Significa aqui que todas as coisas têm como finalidade a glória divina. Paulo escreve que todas as coisas hão de convergir para Jesus Cristo, pois ele é o centro de tudo (Efésios 1. 10).

O ser humano é a coroa da criação (Salmo 8. 5), no entanto ele não pode ser padrão para Deus, por isso todos devem saber que é em Deus que devemos encontrar a finalidade do que foi criado.

Agostinho ensina que se há uma cidade dos homens que tenta ser construída mas fracassa, há uma cidade de Deus que vai sendo construída paralelamente e que é a cidade eterna, agora escondida em Jesus Cristo, mas será revelada no Reino de Deus. Escondida, mas revelada através da Igreja. É a Igreja que sabe a realidade da criação. É a Igreja que deve anunciar isso ao mundo. Em Jesus Cristo, todas as coisas glorificarão a Deus!

“A ele pois seja a glória eternamente. Amém!”


 
 
IPA . Igreja Presbiteriana de Americana © 2014-2015 . Todos os direitos reservados . Criado por DRW Integrada
 
Quem Somos Sociedades Ministérios Informações Contatos
Notícias
Agenda
Boletim Semanal
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Mensagens
Estudos
IPA TV
Fale Conosco
Atendimento
Congregações
Cadastre-se